Cidades que mais contrataram e demitiram em 2013

Os anos mudam e a vontade de mudar de emprego sempre cresce, não é mesmo? Por isso, em uma pesquisa recente foram divulgados as Cidades que mais contrataram e demitiram em 2013 para que vocês possam se atualizar e saber para onde se mudar é um bom negócio na busca do emprego ideal.

 Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho.

Começa as cidades que mais contratam e as cidades que mais demitem de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho.

Cidades que mais contrataram e demitiram em 2013

A pesquisa realizada pelo  Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho demonstra o crescimento de empregos no país, porém, algumas cidades tiverem crescimento recorde e outras tiveram vários prejuízos, na lista abaixo será possível conhecer todos os detalhes e dicas de cidades que mais contrataram e dicas de cidades que mais demitiram em todo o ano de 2013.

50 CIDADES QUE MAIS CONTRATARAM EM 2013:

Quer mudar da sua cidade para conseguir um emprego? Segundo lista recente divulgada, as 50 cidades que mais contrataram em 2013 são as seguintes:

São Paulo (SP): 83.614
Rio de Janeiro (RJ): 48.974
Manaus (AM): 22.805
Fortaleza (CE): 21.217
Brasília (DF): 19.718
Goiânia (GO): 18.777
Guarulhos (SP): 16.833
Salvador (BA): 16.738
Altamira (PA): 15.053
Porto Alegre (RS): 14.440
Curitiba (PR): 11.673
Recife (PE): 10.666
Sorocaba (SP): 9.696
Aracaju (SE): 9.326
Ribeirão Preto (SP): 8.527
Teresina (PI): 8.158
Campo Grande (MS): 7.602
Florianópolis (SC): 7.601
Maringá (PR): 7.232
João Pessoa (PB): 6.958
Contagem (MG): 6.908
Três Lagoas (MS): 6.713
São Luis (MA): 6.657
Campinas (SP): 6.554
Joinville (SC): 6.491
Santo Andre (SP) 6.389
Uberlândia (MG): 6.049
Sobral (CE): 6.048
Cuiabá (MT): 5.724
São José (SC): 5.433
Niterói (RJ): 5.025
Serra (ES): 5.022
Londrina (PR): 4.840
Nova Iguaçu (RJ): 4.839
Anápolis (GO): 4.748
Campos dos Goytacazes (RJ): 4.734
Montes Claros (MG): 4.623
São Bernardo do Campo (SP): 4.558
São Gonçalo (RJ): 4.556
Macaé (RJ): 4.550
Gravataí (RS): 4.496
Canaã dos Carajás (PA): 4.488
Feira de Santana (BA): 4.416
Barueri (SP): 4.249
Maragogipe (BA): 4.227
Marabá (PA): 4.136
Caruaru (PE): 4.135
Itabirito (MG): 4.080
Osasco (SP): 3.857
Cascavel (PR): 3.712

50 CIDADES QUE MAIS DEMITIRAM EM 2013:

Agora, existem também as cidades que mais demitiram, que devem ser evitadas quando o assunto está na busca de emprego para 2014, saiba quais são elas:

Porto Velho (RO): -8.112
Parauapebas (PA): -5.795
Paulínia (SP): -3.891
Salgueiro (PE): -3.402
São Lourenço da Mata (PE): -2.935
Joaquim Nabuco (PE): -2.845
Nova Lima (MG): -2.539
Coruripe (AL): -2.511
São Miguel dos Campos (AL): -2.232
Matão (SP): -2.135
Queimados (RJ): -1.545
Itapetinga (BA): -1.506
Duque de Caxias (RJ): -1.451
Jaguariúna (SP): -1.409
Ouro Branco (MG): -1.399
Cerro Negro (SC): -1.397
Itapiranga (AM): -1.260
Cotia (SP): -1.233
Bebedouro (SP): -1.220
Dias D’Avila (BA): -1.177
Ipatinga (MG): -1.164
Carmópolis (SE): -1.142
Itaquitinga (PE): -1.112
Itabira (MG): -1.087
Itaguaí (RJ): -1.055
Biritiba-Mirim (SP): -1.052
Marabá Paulista (SP): -1.003
Jaboticabal (SP): -974
Diadema (SP): -937
Volta Redonda (RJ): -916
Pontal do Parana (PR): -901
São Caetano do Sul (SP): -901
Pirassununga (SP): -866
Araucária (PR): -845
Belo Horizonte (MG): -843
Sapiranga (RS): -818
Pedregulho (SP): -813
Cajamar (SP): -810
Colômbia (SP): -809
São João da Barra (RJ): -787
Colônia Leopoldina (AL): -767
Ferreira Gomes (AP): -765
Bezerros (PE): -763
Simões Filho (BA): -747
Acailândia (MA): -739
Capela (SE): -723
Nova Canaã do Norte (MT): -700
Juquiá da Praia (AL): -695
Sidrolândia (MS): -693
Catanduva (SP): -670

Analisando a lista, cidades medianas estão crescendo como é o caso de São José em Santa Catarina e Anápolis em Goias, porém, cidades menores estão se destacando como as que mais tem demitido pessoas, como é o caso de Capela no Sergipe e Bezerros em Pernambuco.

Preço de Apostila Concursos

Alguma dúvida? Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *